terça-feira, 19 de janeiro de 2010

Nosso primeiro encontro "Especial"

Confessamos a vocês que estávamos muito a fim de nos encontrar com um casal fora dos clubs. Porém tínhamos muito receio de não sermos o que o outro casal esperava ou vice versa, ou seja, de não pintar aquela afinidade legal, necessária para os “finalmente”. E se isto acontecesse como não ir para frente sem deixar aquela impressão de que fizemos “hora com a cara dos outros”, ou mesmo que estamos seletivos demais? E como saber se a situação for o contrário, ou seja, partir deles a falta de afinidade? Que sinais os casais passam para que o outro entenda que não estão afim? Posso assegurar que estes eram sempre os argumentos da Drika sempre que o Bill tocava no assunto. Já falamos que a Drika tecla muito mais que o Bill no MSN, porém num certo domingo era o Bill que estava em frente à tela do computador quando viu a entrada de um casal que mudaria de uma vez por todas esta impressão. A conversa rolou legal entre os homens e muito rapidamente o encontro estava marcado. Quando o Bill assustou, já tinha marcado tudo e a Drika pouco participou da decisão. Tinha tudo para dar errado!!! Chegado o tão esperado dia, marcamos de nos encontrar em um bar na região da Pampulha. Nos atrasamos porque pegamos um congestionamento, porém telefonamos antes para evitar que ficassem muito tempo nos esperando. Praticamente chegamos juntos ao bar. Em um primeiro momento ficamos apreensivos, porque simplesmente não sabíamos o que ia acontecer. Detalhe, passamos o trajeto de Betim a Pampulha, tentando encontrar uma forma de sinalizar um para o outro qualquer coisa que pudesse representar um sinal entre o casal de reprovação à gente. É obvio que não chegamos a um acordo. Quando nos demos conta, estávamos os 04 sentados em uma mesa de um bar e começamos a conversar. Gente, sabe aquela estória de que “os bons dão sorte”. Pois é, demos muita sorte, o casal era super gente fina, super bacana, muito discreto e um papo muito agradável. Enfim eram realmente muito especiais. Depois de alinharmos os ponteiros, com muitas risadas e “causos” regados a umas cervejinhas, fomos para o apartamento deles. No inicio foi meio estranho, porque estávamos imaginando o que ia acontecer, porém ficamos todos meio travados. Até que finalmente o Sr. Especial tomou a iniciativa e o clima esquentou de vez. Ele conduziu a Drika pra um quarto enquanto a Sra. Especial deixou o Bill muito à vontade e ficou muito à vontade também (se é que me entendem!!!) na sala. Foi muito bom mesmo, ficamos muito contentes com a nossa primeira experiência, graças obviamente ao casal que nos recebeu. Foram realmente muito simpáticos e super cordiais conosco. Ficamos um pouco apreensivos e porque não dizer meio incomodados somente com o fato de temos ficado em ambientes separados, o que para eles é bem normal e para a gente soou estranho em um primeiro momento. Porém precisávamos experimentar esta sensação. Confesso que não ficamos muito à vontade, até porque sentimos muito tesão ao ver o outro se divertindo. Porém, de modo algum este detalhe reduziu o sentimento de prazer e de excitação que tomou conta da gente. Esperamos em breve rever este lindo e prazeroso casal para mais um encontro especial. Então para resumir, indicamos muito o casal Especial BH (www.sexlog.com.br/ksalespecialbh) por se tratar de um casal super discreto, simpático e educado. Indicamos a todos estas festinhas mais particulares e reservadas como alternativa eventual aos clubs e estamos à disposição para novas experiências especiais como esta.

Bjs!!!

Bill e Drika

3 comentários:

  1. Gostariamos de afimar que vcs tbem fizeram muita diferença neste encontro e sao pessoas maravilhosas que acrescentam de forma brilhante e apimentam qualquer momento com um ksal .. So gostariamos de acrescentar que nao temos só a pratica de ficar em "ambiente separados", isso e apenas mais uma forma nossa devido a confiança e segurança que pode ocorrer naturalmente com cada particularidade , efim, estar os 04 juntos no mesmo ambiente tbem e tudo de bommmmmmm ....
    bjss do ksal especial bh a vcs e felicidades millllllllll

    ResponderExcluir
  2. Olá, queridos! O msm aconteceu conosco e descobrimos que o que mais nos excita é exatamente estarmos juntos para ver as expressões, o tesão um do outro. Somos mto visuais e adoramos lembrar do que rolou, o que não é possível se não estamos juntos. Mas nossa experiência tb foi mto válida, já que tb saímos com um casal mto gente boa.
    Bjs nossos pra vcs, queridos!!!

    ResponderExcluir
  3. Olá td certinho ?? nunca fiz nada só sou apenas curioso só ja fiz em pensamentos com ela , minha esposa nem sonha q estou escrevendo ela é muito travada e num acho q concorde rsrsrs ... mais comentamos algumas vezes + ela parece ñ levar a serio , confeço q muito exitante , só em imaginar dá um nervoso calafrio sei lá ... en fim tenho muitoas duvidas é possivel quem não tem muito poder aquisitivo fazer (ñ vejo possibilidade)? como faz pra esposa concordar ? e depois ? BJS valeu !! Haaa add... vcs no twitter @Rhe69Nhet detalhe: ela nem sonha q temos twitter ! rsrsrs ... na verdade to brincando sozinho com isso bjsss abrçsss!!!

    ResponderExcluir